Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um dia ganho juízo!

História financeira de uma rapariga emigrante que um dia precisou de ganhar juízo para realizar o seu sonho.

História financeira de uma rapariga emigrante que um dia precisou de ganhar juízo para realizar o seu sonho.

Um dia ganho juízo!

22
Jan17

Acho que está a correr bem.

Sofia ganha juízo

Estou no dia 22 do mês e ainda tenho 650€ na conta. Se fossa há alguns meses já teria ido buscar dinheiro à conta poupança. Para onde estava a ir este dinheiro todo? Uma vez que não me falta comida, roupa para vestir, maquilhagem, etc.

 

No entanto, nem tudo é perfeito, desde o início de Janeiro já gastei cerca de 57€ em livros. E ontem perdi a cabeça no supermercado, comprei um chocolate daqueles de 300gr e um pacote de batatas fritas, que comi de rajada, num dos meus ataques de binge eating. Isto para além de ser uma mudança nos meus hábitos de consumo, também vai exigir algum trabalho mental para evitar estas situações de ter "ataques de gula" emocionais.

 

O desafio de 6 meses sem roupa que comecei no dia 17 de Dezembro continua em força, fui aos saldos, e lá está, só comprei livros. Nem uma única peça de roupa!

Acho que vou fazer um desafio deste para os livros. Tentar minimalizar e vender/dar alguns livros, mas como fazer isso a livros técnicos (gosto muito de ler sobre saúde, motivação, alimentação, receitas) que muitas das vezes uma pessoa não lê de uma ponta à outra e vai lendo por capítulos?

 

 

Já estive pior, mas também podia estar melhor. 4000€ na poupança até Junho já me pareceu mais difícil. Vamos lá continuar.

03
Jan17

Poupanças de mulher.

Sofia ganha juízo

Como sabem, ando numa de "dieta financeira", por isso decidi tirar todos os gastos supérfluos da minha vida, que eram muitos ! Dois deles foram o corte de cabelo e a depilação a cera.

Passo a explicar, tenho o cabelo comprido, mas costumava cortá-lo de 3 em 3 meses (só as pontinhas, sabem como é?)

 

Com esta brincadeira gastava no cabeleiro 37€, de 3 em 3 meses, faz um total de 148€ por ano. Desde Junho corto o cabelo em casa, como são só as pontas, bastaram uns tutoriais no Youtube para aprender como se faz. E o bónus desta situação, é que agora posso fazê-lo de 2 em 2 meses, porque não me custa rigorosamente nada! O cabelo tem andado ótimo, nem chega a espigar nem nada! Mas isso também é dos produtos naturais que tenho usado, que também vos falarei noutro post.

 

A segunda poupança foi na depilação, sendo uma rapariga com pêlo muito visível sempre me depilei todos os meses, e gostava de ir à esteticista fazê-lo. Para já comecei a fazer em casa com gilette (grandes objetivos de poupança, exigem grandes medidas não é? Mesmo que concorde que a gilette não é a melhor forma de depilação para o meu tipo de pêlo). Mas quando estiver mais perto do meu objetivo financeiro, já prometi a mim própria, que invisto numa bacia de cera quente caseira!

Quanto é que poupei com isto? Na esteticista, pernas e axilas custavam-me 41€, isto todos os meses, e às vezes no verão 2x por mês que não vou contabilizar, faz 492€. Que acabei de poupar, simplesmente em rapar os pêlos uma vez por semana.

 

Total de poupanças: 492€ + 148€ = 640€

 

Mais de 600€ que em 2017 vão ficar no meu bolso! Yupi! Estou tão contente! 

03
Jan17

Ponto da situação.

Sofia ganha juízo

Bem, para completar aqui o meu diário financeiro, venho cá para escrever o meu total de poupanças até à data.

 

Tenho cerca de 5000€ na conta portuguesa, e a mesma quantia na conta francesa.

Ou seja, no total tenho:10147€ de poupanças até agora. Trabalho há 3 anos, comprei um carro de 5000€ recentemente e já cometi muitos erros financeiros até à data, dos quais me arrependo imenso e que me deixaram no vermelho nos últimos 8 meses. Só desde Novembro é que me apercebi que tenho que ganhar juízo, e entrei naquilo a que chamo de "dieta financeira". Com o objectivo de "ganhar peso" na minha carteira. E se entretanto conseguir perder uns 8 kg de peso verdadeiro, isso seria a cereja no topo do bolo!

 

cerejanotopodobolo

 

 

 

Objectivo de 2017: 14147€ até Junho de 2017, ou seja, tenho 6 meses para poupar 4000€, sabendo que quero viajar entretanto. Vamos lá ver como corre.

 

16
Dez16

Prendas de Natal em modo budget

Sofia ganha juízo

Este ano não passo o Natal em Portugal, por isso tive que arranjar uma forma de enviar presentes de forma económica. 

 

A minha família é pequena por isso não costumo gastar muito dinheiro em prendas (exceto no ano passado que decidi levar prendas super caras a toda a gente e as minhas finanças no final do mês foram miseráveis)... comprei 3 postais, um para cada "casa".

 

Amanhã vou enviar tudo pelo correio num único envelope, e depois a minha mãe fica com a tarefa de enviar para todos.
Preço dos postais 3,30€
Preço do envio 1,20€ 

 

E quando regressar levo chocolates, mais uma vez 3 caixas, da marca Jeff de Bruges, um chocolatier muito conhecido aqui em França.

Preço das caixas 30€

Total gasto nas prendas de Natal até agora: 34,50€

 

O que é que me falta comprar?

 

Estava a pensar levar (a minha mãe não pára de me pedir!) foie gras, compota de cebolas (confit d'oignon) e vinagre balsâmico especial para foie gras. No ano passado levei alguns queijos típicos de França e mais isto, e os meus pais adoraram TUDO! Os queijos eles não pedem porque a minha mãe foi encontrando os mesmos nos supermercados (é muito esperta ela!), mas o foie gras e a compota de cebolas como as que eu levei ela não encontra em Portugal (hahaha!). Tudo isto deve custar-me entre 30€ a 50€. ---> post editado: custou-me 46€

 

Ou seja, fazendo as contas por alto, vou conseguir gastar no máximo 84,50€ nas prendas de Natal. No ano passado gastei cerca de 180€ (assim numa conta não muito exaustiva!).

 

Já fiquei a poupar pelo menos 100€ relativamente ao ano passado... nem tudo ficou perdido, e vou oferecer experiências (culinárias, claro está!) em vez de oferecer objetos que depois ficam a acumular lá por casa.

 

E vocês o que fizeram para poupar nas prendas de Natal?

 

12
Dez16

Qual o meu objectivo com isto tudo?

Sofia ganha juízo

Contei-vos no post anterior que tinha um "objetivo ambicioso" até aos meus 30 anos, e foi esse objetivo que me fez "acordar para a vida" e perceber que não é a gastar dinheiro à toa como tenho feito que o vou realizar... o objetivo principal é voltar para Portugal e abrir o meu negócio próprio. Ou então, simplesmente voltar, arranjar um emprego em part-time e poder viver tranquilamente sem me chatear muito.

 

Para isso (se quiser abrir o meu negócio) preciso de mais ou menos 20 000€ de investimento inicial, isto se tudo correr bem logo no início, se não correr tudo bem vou precisar de muito mais dinheiro para investir no meu negócio... isso e mais o dinheiro que irei precisar para me sustentar sozinha no início sem ter rendimentos.

 

Porquê "ambicioso" perguntam vocês? Porque pretendo juntar 60 000€ nos próximos 4 anos e meio, de forma a puder investir e ainda ficar com um bom pé de meia para a minha velhice (uma vez que não pretendo gastá-lo todo e quero deixar uma parte a render).

 

Impossível? Vou mostrar a mim própria que não... eu só preciso é, como diz o título do blog, de ganhar juízo!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D