Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um dia ganho juízo!

História financeira de uma rapariga emigrante que um dia precisou de ganhar juízo para realizar o seu sonho.

História financeira de uma rapariga emigrante que um dia precisou de ganhar juízo para realizar o seu sonho.

Um dia ganho juízo!

20
Ago17

Mês de Julho (em atraso)

Sofia ganha juízo

Eu sei que estou em atraso e que não venho aqui há imenso tempo dar notícias das minhas finanças pessoais e dos meus progressos. Por isso aqui estou eu pronta para "confessar tudo".

O mês de Julho foi uma autêntica desgraça relativamente às despesas de supermercado. Consegui meter de lado o dinheiro todo que tinha planeado logo no início do mês - pay yourself first, regra de ouro! - mas deixo sempre um pouco disponível para despesas livres... o pior é que neste mês essa ideia saiu-me muito errada e acabou por "arruinar" o valor estipulado para supermercado e não comprei nada na categoria "despesas livres", ora vejamos...

Normalmente o valor de 150€ chega e sobra para as mercearias... mas como tinha o tal dinheiro a mais na conta, sem me aperceber, acabei por ir ao supermercado mais vezes do que aquelas que precisava (também não cumpri a regra de só ir uma vez por semana ao supermercado). No total gastei 341,50€, tendo ultrapassado o valor estipulado em 191,50€...

Não sei como fiz isto... só sei que estive a analisar o extrato de conta para ver onde errei e vi que fui ao supermercado a cada 2/3 dias. Um desperdício de dinheiro em mercearias (onde é que meti tanta comida?) e em gasolina (fui ao supermercado de carro).

 

 

Não esquecer (tenho que marcar isto a ferro e fogo no cérebro!!!):

- Ir ao supermercado apenas uma vez por semana;

- Reflectir bem se o que estou prestes a comprar me faz mesmo falta;

- Se deixar dinheiro na categoria livre, estipular logo à partida o que quero gastar (nesta parte a técnica do envelope vai ser a escolhida, uma vez que deixar dinheiro "sem objetivo" a pairar na conta não está a resultar);

- Focar no objetivo primordial e no porquê de estar a fazer isto tudo (independência financeira, voltar para Portugal e estar mais sossegada).

 

Agora é manter o foco, aprender com os erros e continuar!

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D