Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um dia ganho juízo!

História financeira de uma rapariga emigrante que um dia precisou de ganhar juízo para realizar o seu sonho.

História financeira de uma rapariga emigrante que um dia precisou de ganhar juízo para realizar o seu sonho.

Um dia ganho juízo!

20
Ago17

Mês de Julho (em atraso)

Sofia ganha juízo

Eu sei que estou em atraso e que não venho aqui há imenso tempo dar notícias das minhas finanças pessoais e dos meus progressos. Por isso aqui estou eu pronta para "confessar tudo".

O mês de Julho foi uma autêntica desgraça relativamente às despesas de supermercado. Consegui meter de lado o dinheiro todo que tinha planeado logo no início do mês - pay yourself first, regra de ouro! - mas deixo sempre um pouco disponível para despesas livres... o pior é que neste mês essa ideia saiu-me muito errada e acabou por "arruinar" o valor estipulado para supermercado e não comprei nada na categoria "despesas livres", ora vejamos...

Normalmente o valor de 150€ chega e sobra para as mercearias... mas como tinha o tal dinheiro a mais na conta, sem me aperceber, acabei por ir ao supermercado mais vezes do que aquelas que precisava (também não cumpri a regra de só ir uma vez por semana ao supermercado). No total gastei 341,50€, tendo ultrapassado o valor estipulado em 191,50€...

Não sei como fiz isto... só sei que estive a analisar o extrato de conta para ver onde errei e vi que fui ao supermercado a cada 2/3 dias. Um desperdício de dinheiro em mercearias (onde é que meti tanta comida?) e em gasolina (fui ao supermercado de carro).

 

 

Não esquecer (tenho que marcar isto a ferro e fogo no cérebro!!!):

- Ir ao supermercado apenas uma vez por semana;

- Reflectir bem se o que estou prestes a comprar me faz mesmo falta;

- Se deixar dinheiro na categoria livre, estipular logo à partida o que quero gastar (nesta parte a técnica do envelope vai ser a escolhida, uma vez que deixar dinheiro "sem objetivo" a pairar na conta não está a resultar);

- Focar no objetivo primordial e no porquê de estar a fazer isto tudo (independência financeira, voltar para Portugal e estar mais sossegada).

 

Agora é manter o foco, aprender com os erros e continuar!

01
Jul17

Metade de 2017 já passou... como estão esses objetivos?

Sofia ganha juízo

Efetivamente, escrever os objetivos e fazer uma espécie de "reunião consigo mesmo" todos os meses ajuda a atingir as metas propostas.

 

Lembram-se de ter dito que queria poupar 4000€ até Junho de 2017? Pois, consegui fazê-lo. Até Março/Abril pensei que não ia conseguir, mas foquei no objetivo e aqui estou eu, no final do mês de Junho, a dizer que consegui cumprir a minha meta para o primeiro semestre de 2017.

 

Agora vou dormir sobre o assunto e refletir sobre qual dos objetivos quero priorizar para a segunda metade de 2017. No primeiro semestre queria viajar, mas acabei por não o fazer. Agora no segundo semestre gostava de cumprir esse objetivo, talvez ir a Londres, Copenhaga ou Praga. Mas é tudo muito incerto, e como há os impostos para pagar em Setembro, tenho que ver se tenho juízo para não me acontecer o que aconteceu no ano passado! Fiquei super enrascada no final do ano, e tive que ir buscar dinheiro à poupança, ficando com um saldo de poupança de 2016 negativo...

 

Entretanto ando a preparar uns posts engraçados para vocês sobre dinheiro e mentalidades (mindset como dizem os ingleses)... se tiverem interesse em ler sobre isso, continuem por aí. Juntos somos mais fortes e já aprendi muito com vocês todos!

 

Agradeço também os comentários de carinho que recebo regularmente aqui no blogue, vocês são uns amores! Obrigada, obrigada, obrigada.

 

08
Jun17

Sobre os objetivos de Junho.

Sofia ganha juízo

Para já o único objetivo que não tenho levado a cabo é o de correr 15 minutos, 3 vezes por semana. Parecia-me ser o mais ambicioso dos 3. De resto tenho cumprido todos. Estou a ficar orgulhosa de mim e das minhas resoluções.

 

 

Sobre a poupança, este mês meti de lado 28% do meu salário. Não está nos objetivos que tinha determinado, mas como tive que pagar as férias de Verão, este mês não deu para mais. 

No próximo já deve correr melhor. Vamos lá ver se não surgem mais despesas das férias para pagar.

 

Rubrica carro: 15,21€ em gasolina.

 

27
Mai17

Ponto da situação. [2]

Sofia ganha juízo

No dia 3 de Janeiro de 2017 escrevi um post com o ponto da minha situação relativamente a poupanças. Tudo somado dava 10147€.

 

Atualmente tenho um total de poupanças de 13390,11€ (sabendo que 390€ deste dinheiro é o fruto das minhas vendas, ao qual já fui buscar algum dinheiro, infelizmente).

 

Não acho que tenha poupado pouco, subtraindo fico com 3243,11€ de poupança em quase 5 meses, sendo 648€ por mês. Não é mau, mas ainda não estou nos meus objetivos. Com mais alguns esforços queria ver se chegava aos 800€/mês de poupança, vai ser difícil, mas se cortar em mais alguns supérfluos (o conceito de supérfluo é relativo, bem sei) acho que tenho boas hipóteses de chegar lá!

 

Atenção que não me tenho privado de muito... estou só a cortar em coisas que não me acrescentam nada! 

 

E vocês, também andam em fase de cortes? Em quê?

 

 

 

 

02
Abr17

A desafiar-me.

Sofia ganha juízo

No mês de Março consegui resistir a comprar roupa, não comprei uma única peça. No entanto, com a entrada no mês de Abril e os dias cada vez mais quentes (embora por aqui a temperatura não esteja muito alta!), ontem dia 1, encomendei pela internet as famosas sapatilhas brancas que queria há algum tempo.

Em vez de encomendar umas de 99€, que certamente iriam deixar a Sofia antiga muito contente e com muito peso na consciência, decidi encomendar umas de 25€. Afinal, estou em dieta financeira, e há que respeitar isso. Estou a ganhar juízo, é o que é!

 

.................................................................................................

 

Decidi também desafiar-me e tentar viver este mês com o mínimo de dinheiro possível, fiz o que já devia ter feito nos outros meses: meti uma quantia considerável de dinheiro na conta poupança assim que recebi o salário. O meu objetivo é tentar viver o resto do mês apenas com 50% daquilo que tenho habitualmente disponível. 

 

Como vou fazer isto?

 

- Desafio esvaziar a despensa: durante todo o mês de Abril só vou às compras para os frescos e os iogurtes de pequeno almoço. E se conseguir fazer uns jejuns de vez em quando, também serão bem-vindos.

- Não vou comprar um único livro. Este vai ser fácil de cumprir porque não vou ter tempo nenhum para ler neste mês.

- Não vou comprar roupa: para além das sapatilhas que já estão encomendadas claro.

- Usar os produtos da casa e de higiene pessoal que tenho até ao fim: sim, tinha aqui produtos escondidos que já não usava há algum tempo e entretanto comprei novos porque não sabia onde os tinha guardado (não ser suficientemente organizada dá nisto, muitas compras a duplicar!)

- Destralhar: ajuda no processo de organização dos bens materiais e a encontrar objetos que já nem sabíamos que tínhamos... por exemplo, em vez de ir a correr comprar uma capa para guardar os documentos que chegaram pelo correio, será que não tenho nenhuma na minha estante que esteja cheia de papéis que já não preciso e que podem ir diretamente para a reciclagem?

 

 

E pronto, estas foram as minhas dicas do mês. E vocês, já tentaram viver com menos dinheiro do que aquele que usam normalmente para viver durante o mês?

 

05
Mar17

Objectivinhos de Março

Sofia ganha juízo

Alguns de Fevereiro não consegui cumprir (como já sabem, o mês de Fevereiro foi uma desgraça para mim!)

 

Profissional

- Controlar os impulsos que me levam a falar mal do chefe, mesmo que estas situações aconteçam com colegas que concordam comigo - estou muito melhor neste aspecto! vou considerá-lo feito!

- Ser mais focada na parte escrita, não adiar o que posso fazer logo ou tentar arranjar tempo para o fazer - este fica para o mês de Março! Aqueles relatórios não se fazem ainda com a rapidez que queria...

- Arrumar o meu espaço de trabalho e organizar a minha agenda - Feito! Mas é algo a manter regular todos os meses...

 

Pessoal

- Meditar 2 a 3 vezes por semana. Antes este objectivinho era todos os dias, mas desde Novembro que tenho andado a baldar-me, por isso acho que se conseguir 3 vezes por semana já estou no bom caminho. - fui ambiciosa em ter pedido 2 a 3 vezes por semana. Fiz uma média de uma vez por semana! Vou guardar este para Março, mas só 1 vez por semana!

- Ler mais livros físicos (os que tenho na estante por ler já seriam um bom começo!). Acabo por ler demasiado na internet e os meus olhos já começam a queixar-se. Sinto-me sempre cansada de manhã por causa de me deitar tão tarde porque fico a ler até às tantas. - não feito, e vou adiá-lo para mais tarde... tenho tido muitas saídas e não tem sido fácil pegar nos livros...

- Ir menos vezes ao Facebook cuscar o que os meus amigos em Portugal andam a fazer. Para além de ficar com saudades, isto provoca em mim sentimentos de inveja que não consigo impedir, daqueles do tipo "podia estar ali com eles e não estou". A solução que encontrei foi ir menos vezes ao Facebook, mas sei que tenho um longo caminho pela frente e que tenho que trabalhar estes sentimentos internamente. - feito no sentido em que vou menos vezes ao Facebook! Apaguei a aplicação do Facebook do telemóvel, só deixando a do Messenger, e isso ajudou bastante! Mas vou guardar o objectivinho para Março... com a chegada da Pirmavera e com a malta a fazer mais coisas, também é mais provável que volte a sentir umas invejas de vez em quando... algo que terei que trabalhar constantemente.

 

Casa

- No meu grande objetivão de destralhanço do apartamento, tenho o objetivinho para o mês de Fevereiro de: organizar todos os papéis importantes. Meter tudo num dossier e deitar fora o que já não preciso. - Feito!!! :) :)

- Vender mais objectos que não preciso. - Não feito... não recebi respostas aos anúncios que tenho na net. Mas vou adiar para Abril porque em Março não vou ter tempo de modificar os anúncios de forma a torná-los mais atractivos.

 

Financeiro

- Cozinhar mais em casa e organizar os menus semanais. Nesta última semana de Janeiro consegui cumprir à risca os menus, e mesmo assim vi que ainda sobraram imensos ingredientes no frigorífico e despensa. - Não feito. Fui imensas vezes comer fora e acabei por estragar comida no frigorífico...  objectivinho a manter para Março!

- Já estive a ver o que tenho no congelador (duas postas de salmão, 2 peitos de frango e 2 postas de bacalhau) e acho que consigo fazer as refeições todas da semana com isto. Sabendo que só como em casa à noite e que vivo sozinha. Este fim de semana só compro frescos. - Não feito, pelas razões que já disse em cima. Não preparei os menus semanais.

- Continuar sem comprar roupa. - Não feito. Manter para Março.

 

Objectivinhos para Março: 

Falar com duas amigas com quem não falo desde Dezembro.

Negociar o seguro da casa.

 

Legenda:

Objectivinhos verdes - já estão feitos!

Objectivinhos azuis - guardar para o mês seguinte!

Objectivinhos vermelhos - não atingidos e adiados para mais tarde...

04
Mar17

Vou ou não vou à cabeleireira de graça?

Sofia ganha juízo

Como sabem, disse-vos neste post que ando a tomar medidas de forma a poupar mais na parte estética da minha vida.

Uma delas é cortar o cabelo em casa, com a ajuda de uns tutoriais do Youtube.

A verdade é que tenho tido um bocado de dificuldade para acertar a parte de trás, como não consigo ver, tenho receio de fazer asneira.

Vi há pouco tempo um anúncio num supermercado aqui da zona, de uma cabeleireira em formação que quer "cobaias" para treinar, e o corte seria GRÁTIS. Temo pelo estado do meu cabelo, mas parece-me ser uma boa oportunidade para ter o cabelo cortado sem gastar muito.

 

Que acham? Já o fizeram?

19
Fev17

Falhei estrondosamente no desafio 6 meses sem comprar roupa.

Sofia ganha juízo

Lembram-se deste post em que disse que ia ficar 6 meses sem comprar roupa???

 

Pois bem, falhei!

 

Fui aos saldos e não resisti a comprar dois vestidos para o verão, para usar nas festas da terrinha - custaram 24,88€ os dois;

Comprei um par de botas castanhas da marca Eram - costuma ser uma marca cara, mas estavam "só" a 20,70€ e não resisti;

Um cachecol cinzento da H&M que "precisava" para completar alguns looks - custou 14,99€ (não estava em saldos).

 

Resumindo... para além de ter falhado redondamente no desafio, fiquei com um gasto mensal de 60,57€ em roupa que não preciso para viver... 

 

Obviamente gastei menos do que gastava há uns meses (era aos 150€ por mês em roupa, em média), mas mesmo assim estou desiludida comigo própria... e com um mês de Janeiro sem comprar roupa, pensei que o desafio estava no papo. Enganei-me.

 

E já que estou numa de confissões... ando a debater-me com o dilema de comprar umas sapatilhas da Adidas... que vi num blog de moda!!! Não me saem da cabeça...

 

Por estas e por outras é que tinha prometido a mim própria não ver blogs de moda durante o desafio... é muito difícil resistir à tentação de comprar quando estamos expostos a publicidade constantemente...

 

Não sei quando volto a começar o desafio... estou desiludida e a ganhar coragem para o voltar a começar. 

 

02
Fev17

Objectivinhos de Fevereiro

Sofia ganha juízo

Vi no blog da querida Cláudia Oliveira este tipo de post e adorei! Efetivamente listar os objectivos para cada mês é uma forma de dividir um "Objectivão" em diversos "Objectivinhos", por isso os meus objetivinhos de Fevereiro são:

 

Profissional

- Controlar os impulsos que me levam a falar mal do chefe, mesmo que estas situações aconteçam com colegas que concordam comigo.

- Ser mais focada na parte escrita, não adiar o que posso fazer logo ou tentar arranjar tempo para o fazer.

- Arrumar o meu espaço de trabalho e organizar a minha agenda.

 

Pessoal

- Meditar 2 a 3 vezes por semana. Antes este objectivinho era todos os dias, mas desde Novembro que tenho andado a baldar-me, por isso acho que se conseguir 3 vezes por semana já estou no bom caminho.

- Ler mais livros físicos (os que tenho na estante por ler já seriam um bom começo!). Acabo por ler em demasiado na internet e os meus olhos já começam a queixar-se. Sinto-me sempre cansada de manhã por causa de me deitar tão tarde porque fico a ler até às tantas.

- Ir menos vezes ao Facebook cuscar o que os meus amigos em Portugal andam a fazer. Para além de ficar com saudades, isto provoca em mim sentimentos de inveja que não consigo impedir, daqueles do tipo "podia estar ali com eles e não estou". A solução que encontrei foi ir menos vezes ao Facebook, mas sei que tenho um longo caminho pela frente e que tenho que trabalhar estes sentimentos internamente.

 

Casa

- No meu grande objetivão de destralhanço do apartamento, tenho o objetivinho para o mês de Fevereiro de: organizar todos os papéis importantes. Meter tudo num dossier e deitar fora o que já não preciso.

- Vender mais objectos que não preciso.

 

Financeiro

- Cozinhar mais em casa e organizar os menus semanais. Nesta última semana de Janeiro consegui cumprir à risca os menus, e mesmo assim vi que ainda sobraram imensos ingredientes no frigorífico e despensa.

- Já estive a ver o que tenho no congelador (duas postas de salmão, 2 peitos de frango e 2 postas de bacalhau) e acho que consigo fazer as refeições todas da semana com isto. Sabendo que só como em casa à noite e que vivo sozinha. Este fim de semana só compro frescos.

- Continuar sem comprar roupa.

 

27
Jan17

Objetivo - fundo de emergência.

Sofia ganha juízo

Quero, o mais depressa possível, ter disponível na poupança o valor equivalente a 6 meses de despesas fixas. E só depois passo ao meu grande objetivo de poupança.

 

Pelas minhas contas, sabendo que estou com despesas mensais na ordem dos 940€ (com a poupança reforma lá dentro, e sem contar a comida), preciso de sensivelmente 5600€. Se meter 300€ de lado todos os meses (assim lançando um número alto!) demoro cerca de 19 meses a atingir o meu objetivo. Isto enquanto faço outras poupanças... Será que daqui a 2 anos estarei mais estável financeiramente e pronta para uma emergência? 

É que, fazendo as contas, se agora me acontecesse algo grave (como por exemplo um problema de saúde ou desemprego), tinha apenas o suficiente para viver 3 ou 4 meses... nada mais... sem contar com despesas médicas e afins. Depois tinha que voltar para casa dos pais... assustador.

Estarei a entrar em pânico desnecessariamente?

Bem, haja saúde, que o resto faz-se!

GO, GO, GO!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D